Inflação oficial registrou uma pequena queda em junho

Comida prato vegano Misto Brasil
A comida continua pesando no índice inflacionário/Arquivo/Divulgação

Em Brasília, o índice de junho ficou em 0,34%, o mesmo valor anotado em maio pelo IBGE. A inflação mais alta foi em Goiânia

Por Misto Brasil – DF

A inflação oficial registrou uma pequena queda em junho, segundo divulgou há pouco o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 0,21%, ficando 0,25 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa de 0,46% registrada em maio.

Em Brasília, o índice de junho ficou em 0,34%, o mesmo valor anotado em maio pelo IBGE. O maior índice inflacionário entre as capitais foi anotada em Goiânia, com 0,50%. Veja o quadro logo abaixo.

No ano, o IPCA acumula alta de 2,48%. Já no acumulado dos últimos 12 meses, a taxa é de 4,23%, acima dos 3,93% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em junho de 2023, a variação havia sido de -0,08%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, sete tiveram alta em junho. O maior impacto veio de Alimentação e bebidas (0,44%), com 0,10 p.p. de contribuição. Veja o quadro abaixo.

Foram observadas altas nos preços da batata inglesa (14,49%), leite longa vida (7,43%), café moído (3,03%) e arroz (2,25%). No lado das quedas, destacam-se a cenoura (-9,47%), a cebola (-7,49%) e as frutas (-2,62%).

Em Alimentação e bebidas (0,44%), a alimentação no domicílio desacelerou de 0,66% em maio para 0,47% em junho.

Grupo Variação (%) Impacto (p.p.)
Maio Junho Maio Junho
Índice Geral 0,46 0,21 0,46 0,21
Alimentação e bebidas 0,62 0,44 0,13 0,10
Habitação 0,67 0,25 0,10 0,04
Artigos de residência -0,53 0,19 -0,02 0,01
Vestuário 0,50 0,02 0,03 0,00
Transportes 0,44 -0,19 0,09 -0,04
Saúde e cuidados pessoais 0,69 0,54 0,09 0,07
Despesas pessoais 0,22 0,29 0,02 0,03
Educação 0,09 0,06 0,01 0,00
Comunicação 0,14 -0,08 0,01 0,00
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços
Região Peso
Regional (%)
Variação (%) Variação
Acumulada (%)
Maio Junho Ano 12 meses
Goiânia 4,17 -0,06 0,50 2,45 4,22
Belo Horizonte 9,69 0,63 0,46 3,63 5,23
Rio Branco 0,51 0,19 0,34 1,75 4,26
Brasília 4,06 0,34 0,34 1,84 5,04
São Paulo 32,28 0,37 0,29 2,34 4,18
Fortaleza 3,23 0,55 0,28 2,52 4,71
Curitiba 8,09 0,49 0,25 2,39 3,61
Belém 3,94 0,13 0,13 2,59 4,80
Campo Grande 1,57 0,42 0,12 2,31 4,15
São Luís 1,62 0,63 0,11 4,21 5,04
Rio de Janeiro 9,43 0,44 0,11 2,21 4,02
Aracaju 1,03 0,60 0,08 3,84 4,54
Vitória 1,86 0,51 0,05 2,14 4,12
Salvador 5,99 0,58 -0,04 2,46 3,93
Recife 3,92 0,43 -0,09 2,61 3,26
Porto Alegre 8,61 0,87 -0,14 1,91 3,71
Brasil 100,00 0,46 0,21 2,48 4,23
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Índices de Preços

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas