Bolsonaro e mais 11 são indiciados no caso das joias

Jair Bolsonaro presidente declaração Misto Brasília
Bolsonaro durante a declaração no Palácio da Alvorada/Arquivo/Reprodução vídeo

O ex-presidente da República foi indiciado por associação criminosa, lavagem de dinheiro e apropriação de bens públicos

Por Misto Brasil

A Polícia Federal indiciou 11 pessoas no inquérito que investiga a venda de joias que foram recebidas pela Presidência da República no governo passado.

Entre os indiciados, estão o ex-presidente Jair Bolsonaro, dois generais e o ajudante-de-ordens Mauro Cid. Veja a lista logo abaixo.

A notícia do indiciamento foi confirmado por vários veículos de comunicação a partir de informações da Polícia Federal.

Bolsonaro foi indiciado por associação criminosa, lavagem de dinheiro e apropriação de bens públicos.

O advogado do ex-presidente, Paulo Cunha Bueno, afirmou ao g1 e à TV Globo, que não iria se manifestar neste momento por não ter tido acesso ao ofício enviado pela PF.

Lista de indiciados pela Polícia Federal

Jair Bolsonaro – ex-presidente da República

Bento Albuquerque – general da reserva e ex-ministro de Minas e Energia

José Roberto Bueno Júnior – ex-chefe de gabinete de Bento Albuquerque

Julio Cesar Vieira Gomes – contra-almirante da Marinha

Marcelo da Silva Vieira – capitão-de-corveta reformado da Marinha

Marcos André dos Santos Soeiro – ex-assessor de Bento Albuquerque

Mauro Cesar Barbosa Cid – tenente-coronel do Exército

Fabio Wajngarten – ex-secretário de Comunicação do Palácio do Planalto

Frederick Wassef – advogado

Marcelo Costa Câmara – ex-assessor da Presidência da República

Mauro Cesar Lourena Cid – general da reserva do Exército

Osmar Crivelatti – ex-ajudante-de-ordens

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas