Rússia duvida sobre cúpula para discutir a paz na Ucrânia

Guerra Ucrânia Rússia soldado na frente de combate Misto Brasília
Soldado ucraniano na frente de combate com a Rússia/Arquivo/Notícias da Ucrânia

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma proposta de paz para a Ucrânia em meio à realização do encontro na Suíça

Por Misto Brasil – DF

Para o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a cúpula sobre a Ucrânia que vai acontecer neste fim de semana na Suíça não vai tratar de questões relativas à paz na região.

Enquanto a Rússia sequer foi convidada para participar das discussões, países como China e Brasil defendem a convocação de uma nova conferência com Moscou e Kiev.

Também nesta sexta-feira (14), o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma proposta de paz para a Ucrânia em meio à realização do encontro na Suíça, explicou Peskov. Para a Rússia, é crucial atingir os objetivos da operação militar especial, mas é preferível que isso seja alcançado através de negociações de paz.

O porta-voz também declarou que a ilegitimidade de Vladimir Zelensky na condução do governo ucraniano não é um obstáculo para Moscou e Kiev conversarem sobre o plano de Putin.

Na opinião de Peskov, agora Kiev tem efetivamente uma oportunidade de “cessar as hostilidades e passar para um arranjo pacífico” do conflito.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas