PM lança operação para reduzir crimes na Asa Norte

PMDF coronel Ana Paula Habka Misto Brasil
A coronel Ana Paula Habka é a comandante geral da PMDF/Geovana Albuquerque/Agência Brasília

O policiamento ostensivo será reforçado no bairro diante de inúmeras ocorrências que gera muita insegurança da população

Por Misto Brasil – DF

Depois de muitas reclamações e diversas ocorrências de roubo, ameaças e insegurança, começa a Operação Segurança Total na região da Asa Norte. Há muitas queixas em alguns pontos do bairro, como na 708 e, especialmente, na área da 713.

Há roubo de cabos elétricos, assaltos, ameaças e furto de vários tipos e muito tráfico de drogas que geram insegurança da população.

A operação emprega agentes do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e o apoio das unidades especiais do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Batalhão de Polícia de Choque, do Patamo, da Rotam, do Policiamento de Motas e da Cavalaria.

A promessa foi dada ontem (05) pela comandante geral da PM, coronel Ana Paula Habka. “Sabemos que a Asa Norte vem enfrentando problemas, com o policiamento mais próximo da sociedade conseguimos identificar as situações e melhorar o nosso serviço que é proteger, servir e dar dignidade ao ser humano de bem”.

Segundo ela, além do efetivo da PMDF, a operação ainda tem o suporte da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar, do Departamento de Trânsito e da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O aposentado João Ferreira, que mora na 309 Norte, acredita que a maior presença da polícia serve para frear a ocorrência de crimes no bairro.

“Acho que a polícia ostensiva cria um certo receio para a marginalidade, dificulta ou afasta daqui essas pessoas que podem trazer algum mal à sociedade”, registrou a Agência Brasília.

Dono de um estabelecimento comercial na 110/111 Norte, o empresário João Capelletto, disse que na Asa Norte sempre teve uma parte de segurança boa, mas com o tempo realmente houve uma mudança nesse cenário.

“Tenho ouvido relatos dos meus funcionários que têm medo de atravessar as passarelas embaixo do eixo e preferem passar por cima”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas