Senador dos EUA chamou Netanyahu de criminoso de guerra

Israel Benjamin Netanyahu Misto Brasília
Benjamin Netanyahu é o primeiro-ministro de Israel/Arquivo/Reprodução

O senador disse que o israelense e o líder do Hamas estão envolvidas em violações claras e ultrajantes das normas internacionais

Por Misto Brasil – DF

Em uma publicação nas redes sociais, o senador dos EUA Bernie Sanders chamou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, de criminoso de guerra e afirmou que não vai comparecer à reunião conjunta no Congresso norte-americano que contará com a presença do premiê israelense.
“Benjamin Netanyahu é um criminoso de guerra. Ele não deveria ser convidado para uma reunião conjunta no Congresso. Definitivamente não estarei lá” escreveu Sanders nas redes sociais.
Sanders disse concordar com o mandado de prisão do Tribunal Penal Internacional (TPI) para Netanyahu e também para o líder do Hamas. “Ambas as pessoas estão envolvidas em violações claras e ultrajantes das normas internacionais”, enfatizou o senador.
O senador escreveu ainda que “Israel não tem o direito de matar mais de 34 mil civis. Não tem o direito de deixar órfãs 19 mil crianças. Não tem o direito de aniquilar o sistema de saúde de Gaza, deixando 26 hospitais fora de serviço e matando mais de 400 profissionais de saúde”.
Os líderes do Congresso dos EUA convidaram Netanyahu para discursar numa sessão conjunta do legislativo, observando que se juntam ao Estado de Israel na luta contra o que classificam como terrorismo, especialmente à luz do fato de que o Hamas continua mantendo reféns cidadãos norte-americanos e israelenses. Netanyahu aceitou o convite.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas