A ‘pole position’ de Haddad

Fernando Haddad SP Misto Brasília
Fernando Haddad é o ministro da Fazenda do governo Lula/Arquivo/DW

Levantamento mostra que 48% dos entrevistados avaliam o trabalho de Haddad como “bom”, seguido pela ministra Simone Tebet

Por André César – SP

Fosse uma corrida de fórmula um, ou outra prova qualquer de automobilismo, o ministro Fernando Haddad estaria à frente de seus colegas de Esplanada. Pesquisa da Genial/Quaest com deputados mostra o titular da pasta da Fazenda com melhor avaliação entre os parlamentares.

Aos números. De acordo com o levantamento, 48% dos entrevistados avaliam o trabalho de Haddad como “bom”, seguido pela ministra do Planejamento, a emedebista Simone Tebet, com 39%. Completa o pódio o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

Mais números. Entre os integrantes da base de sustentação do governo Lula (PT), o ministro da Fazenda aparece com expressivos 82% de aprovação, contra 63% de Tebet e 58% de Padilha. Já entre os chamados “independentes”, Haddad tem 45%, a ministra do Planejamento 43% e o titular das Relações Institucionais, 28%.

Algumas observações. Mesmo enfrentando atritos no Congresso Nacional – o mais recente, a polêmica em torno da taxação de compras em sites fora do país – Haddad mantém uma boa interlocução com os deputados. Seu estilo de atuação inclusive foi fundamental para a aprovação da reforma tributária, no final do ano passado.

Chama atenção ainda a situação de Alexandre Padilha, desafeto do presidente da Casa, Arthur Lira (PP/AL), com quem teve pesadas discussões públicas. Apesar das críticas, seu trabalho é até bem visto no Parlamento.

Por outro lado, os ministros da Casa Civil, Rui Costa, e de Minas e Energia, Alexandre Silveira, não aparecem bem na foto. O primeiro tem aprovação geral de 29%, e o segundo 28%. Lembremos que os dois estão atuando em dobradinha, sendo responsáveis diretos pelo ruidoso afastamento de Jean Paul Prates do comando da Petrobras.

Por fim, a pesquisa mostra que Haddad tem mais gordura para queimar que seus pares. Um recado direto para aqueles que desejam sua cadeira – ou ao menos vê-lo fora do cargo.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas