Águas começam a baixar em Porto Alegre e relatório mostra 151 mortos

Enchente Rio Grande do Sul barco Guaíba Misto Brasil
O n;ivel do Guaíba contnua alto e ainda provca inundaçõesArquivo/Divulgação/Gov RS

De acordo com o serviço público de limpeza urbana, até no meio da manhã foram recolhidas 365 toneladas de lixo na capital gaúcha

Por Daniela Almeida – DF

O número de mortes confirmadas no Rio Grande do Sul decorrentes das fortes chuvas que caem no estado desde o fim de abril subiu para 151, conforme boletim divulgado pela Defesa Civil do estado nesta quinta-feira (16).

Hoje pela manhã, as águas começaram a baixar na região da cidade de Porto Alegre com o funcionamento de nove das 23 três bombas de sucção. Problemas como mau cheio, animais mortos e muito lixo são as consequências que agora passam a aparecer.

De acordo com o serviço público de limpeza urbana, até no meio da manhã foram recolhidas 365 toneladas de lixo.

O governo orienta os atingidos a verificarem se os nomes de pessoas com o óbito confirmado constam na lista de 104 desaparecidos disponível no site do órgão. Caso conste da lista, a pessoa deve procurar uma delegacia da Polícia Civil para regularizar os dados, com a retirada do nome da lista de desaparecidos.

As enchentes, que até o momento deixaram 806 feridos, afetam 458 dos 497 municípios do Rio Grande do Sul. O número de pessoas atingidas também tem aumentado.

Ao menos 20,95% da população do estado foi afetada de alguma forma pelas consequências dos temporais. São mais de 2,28 milhões de pessoas dos 10,88 milhões de habitantes do estado.

Até o momento, 76.620 pessoas e 11.932 animais silvestres e domésticos foram resgatados. Na manhã desta quinta-feira, o número de pessoas ainda fora de casa pelas cheias ultrapassou os 615,3 mil, sendo 77.199 pessoas vivendo em um dos mais de 830 abrigos no estado e mais 538,1 mil desabrigados.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas