MEC autorizou cursos de qualificação profissional

Microempreendedor trabalho computador Misto Brasil
Os microempreendedores também precisam de orientação para melhorar os negócios/|Arquivo/Joel Rodrigues/Agência Brasília

Cada curso terá 240 horas, com exceção de Agente de Direitos Humanos da Pessoa Idosa, que terá 160 horas

Por Misto Brasil – DF

O Ministério da Educação (MEC) autorizou cursos de qualificação profissional voltados ao empreendedorismo dentro da Bolsa-Formação. A portaria da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica foi publicada hoje (14) no Diário Oficial da União.

Os cursos autorizados são de Gestão de Pequenos Negócios, Criação de Negócios Inovadores, Construção Rápida de Apps para Mídias Digitais e Agente de Direitos Humanos da Pessoa Idosa.

Cada curso terá duração de 240 horas, com exceção de Agente de Direitos Humanos da Pessoa Idosa, que terá 160 horas. A escolaridade exigida para cada um deles será o do ensino Fundamental Completo.

No caso da Gestão de Pequenos Negócios, o perfil é de um profissional versátil e capacitado, com conhecimento em gestão empresarial, em especial finanças, marketing, gestão de pessoas e estratégia, sendo capaz de elaborar planos estratégicos; realizar análises financeiras; implementar estratégias demarketing;e gerenciar equipes com eficiência.

Pode ser empregado como diretor de empresa e organizações (exceto de interesse público), gerente de operações comerciais e de assistência técnica, administrativo e comercial.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas