Seis das oito classes do IPC-S de Brasília tiveram redução em março

Agasalho roupa mercado Misto Brasília
Setor de vestuário também é aferido entre as classes de despesas/Arquivo

Educação, leitura e recreação tiveram uma queda de -520%, mas a habitação, saúde e cuidados especiais e alimentação tiveram aumento no mês

Por Misto Brasil – DF

O IPC-S da quarta quadrissemana de março de 2024 variou 0,10% e acumula alta de 2,93% nos últimos 12 meses no país. Todas as sete capitais pesquisadas registraram decréscimo em suas taxas de variação.

O IPC-S da cidade de Brasília (IPC-S/Brasília) da quarta quadrissemana de março de 2024 caiu 0,33%1 e acumula alta de 2,22% nos últimos 12 meses.

Nesta edição, seis das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram desaceleração em suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos: Transportes e Habitação, cujas taxas passaram de 1,36% para 0,63%, e de 1,24% para 0,83%, respectivamente.

O núcleo do IPC-S/Brasília registrou variação de 0,39%. Em relação ao mês anterior, quando a taxa ficou em 0,58%, o núcleo recuou 0,19 (p.p.). Nos últimos 12 meses, o indicador apresentou variação de 4,10%. Para o cálculo do núcleo foram excluídos os itens com variações inferiores 0,01% e superiores a 0,66%.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas