Setor de serviços gerou a maior parte dos empregos no DF em fevereiro

Salão de beleza DF Misto Brasília
O setor de servoiços apresentou índice de variação positivo/Arquivo

O resultado foi positivo em quatro dos cinco grandes setores da economia avaliados, de acordo com o Novo Caged

Por Misto Brasil – DF

Foram criadas 6.511 novas vagas em fevereiro no Distrito Federal, segundo informou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). Foram 38,8 mil admissões contra 32,3 mil demissões.

No primeiro bimestre do ano, foram somadas 9.078 novos empregos com carteira assinada, com um estoque de 976,8 mil pessoas com emprego formal.

Leia – taxa de desemprego no país ficou em 7,8%

Em fevereiro, o resultado foi positivo em quatro dos cinco grandes setores da economia avaliados.

O destaque da capital federal foi o setor de serviços, que terminou o mês com um saldo de 5,2 mil vagas — sendo a área da “administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais” a que apresentou melhor resultado (+2.349).

A Construção teve números positivos, com 870 novos empregos formais.

Na sequência aparecem Indústria (+242) e Agropecuária (+198). Apesar de registrar menos demissões na comparação com o mês de janeiro, quando o resultado foi negativo (-288), o setor do Comércio ainda figurou negativamente em fevereiro (-57).

Os novos postos de trabalho foram ocupados, em sua maioria, por pessoas do sexo masculino (+3.336). Pessoas com ensino médio completo foram as principais atendidas (+4.166) com as vagas no DF. Jovens entre 18 e 24 anos também são o grupo com maior saldo de vagas: +2.485.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas