Aumentou em 20% pedidos de asilo na União Europeia

Dublin cidade Irlanda do Norte Misto Brasília
A cidade de Dublin, na Irlanda, é uma das cidades mais amistosas da Europa/Arquivo/Divulgação

Síria é o principal pais de origem das pessoas, seguido do Afeganistão, Turquia, Venezuela e Colômbia

Por Misto Brasil – DF

A União Europeia (UE) recebeu mais de 1 milhão de pedidos de asilo em 2023, aumento de 20% em relação ao ano anterior, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (25) pelo serviço estatístico europeu, Eurostat.

Desde 2021, o número de pedidos de asilo vem crescendo, segundo o relatório, e chegou a 1,049 milhão, aproximando-se dos picos de 2015 e 2016, que totalizaram mais de 2,3 milhões de solicitação de asilo ao bloco, devido à guerra na Síria.

Desde 2013, a Síria é o principal país de origem de pessoas que buscam refúgio na UE. Em dez anos, os pedidos de proteção internacional chegaram a 183 mil, cerca de 17% do total.

O Afeganistão é o segundo país da lista, representando 10% do total de pedidos (100,9 mil), seguido da Turquia (90 mil, 9%), Venezuela (67,1 mil) e Colômbia (62 mil), com 6% cada.

A Alemanha (329 mil, 31%) é o país mais procurado por refugiados, seguido da Espanha (160.500, 15%), da França (145.100, 14%) e da Itália (130.600, 12%). Juntos, eles representam 73% de todos os novos pedidos de asilo do bloco.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas