Navio de carga é o primeiro afundado pelos rebeldes Houthis

Mar Vermelho navio é atacado por drones Misto Brasil
Ataques realizados pelos rebeldes Houthis do Iêmen/Arquivo/Divulgação/Marinha

O governo do Iêmen disse que o Rubymar, atingido por mísseis, ficou à deriva e encheu de água durante dias antes de afundar

Por Misto Brasil – DF

Um navio de carga registrado na Grã-Bretanha afundou duas semanas depois de ser atacado por Houthis no Golfo de Aden. que liga o Mar Vermelho (pelo apertado estreito de Bab el-Mandeb) ao mar da Arábia.

O governo do Iêmen disse que o Rubymar ficou à deriva e encheu de água durante dias antes de afundar, de acordo com a BBC.

Leia – conflito e pirataria no Mar Vermelho prejudica o Brasil

É o primeiro navio afundado pelos rebeldes apoiados pelo Irã no Iémen desde que começaram a atacar navios no Mar Vermelho.

O navio transportava fertilizantes e especialistas dizem que o naufrágio corre o risco de “uma catástrofe ambiental”.

O Rubymar estava no Golfo de Aden, perto do Estreito de Bab al-Mandab, quando foi atingido por dois mísseis disparados por rebeldes Houthi baseados no Iêmen.

Há dez dias, o governo britânico disse que o navio estava recebendo água e que todos os seus 24 tripulantes tinham sido resgatados.

A BBC obteve uma imagem do navio no dia 21 de fevereiro, que o mostrava submerso na popa, mas ainda flutuando.

Os proprietários do navio disseram na época que ele estava sendo rebocado para o vizinho Djibuti, mas ainda poderia afundar. Ele disse que não foi possível confirmar que não havia ninguém a bordo.

O Rubymar, de 172 metros de comprimento, foi sinalizado em Belize e operado por uma empresa libanesa.

Seu proprietário registrado é a Golden Adventure Shipping, com endereço no porto britânico de Southampton.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas