Senadores pedem suspensão e Caiado diz que o reajuste das passagens é “injusto”

Entorno Ônibus intermunicipal
As passagens terão reajuste mas o serviço não vai melhorar/Arquivo

O pedido para suspender apor 180 foi formalizado à ANTT que autorizou a majoração das tarifas a partir de domingo

Por Misto Brasil – DF

Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) recebeu hoje (23) um pedido para suspender por 180 dias o reajuste de 8,56% das passagens dos ônibus intermunicipais do Entorno.

A solicitação foi apresentada no mesmo dia que foi publicada a autorização que passa a vigorar no domingo (25). A ANTT ainda não respondeu à proposta dos parlamentares.

Leia – novo reajuste das passagens de ônibus do Entorno. Veja a nova tabela

Leia – Ministério cria grupo de trabalho para estudar o transporte do Entorno

A solicitação foi apresentada em conjunto pela senadora Leila Barros (PDT-DF) e pelo senador Jorge Kajuru (PSB-DF). Os parlamentares afirmam que a medida prejudicará “consideravelmente a população” que já enfrenta desafios de mobilidade.

A suspensão temporária, na opinião de Leila e Kajuru,”proporcionaria um tempo adequado para análise das propostas e revisão das políticas de transporte coletivo na região”.

O governador Ronaldo Caiado (PSD) também se manifestou nesta sexta-feira. Para ele, o reajuste é “injusto e não resolve o problema estrutural do transporte coletivo na região”.

“Se não buscarmos uma forma sustentável de subsídio, como fizemos em Goiânia, vai colapsar”.

A secretária do Entorno do Distrito Federal, Caroline Fleury, também comentou sobre o reajuste. “Nossa expectativa é que o governo federal se sensibilize e assuma a responsabilidade dele como gestor do transporte na região, aceitando dividir os custos da passagem no Entorno, subsídio que já tem consenso entre os governos de Goiás e do DF”.

Em 2023, a ANTT já havia anunciado dois reajustes nos valores das passagens de ônibus que fazem esse trajeto, aumentando a preocupação dos usuários com os constantes aumentos nas tarifas.

De acordo com um estudo de 2021 da antiga Codeplan, no transporte semiurbano entre Distrito Federal e Goiás, operam 425 linhas, divididas em oito empresas de transporte. Os outros 10,15%, equivale a 48 linhas, fragmentadas em 16 empresas.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas