EUA vota proposta na ONU por cessar-fogo na Faixa de Gaza

Israel tanques ataque Faixa de Gaza Misto Brasil
Tanques do Exército de Israel se posicionam na Faixa de Gaza/Arquivo/Reprodução vídeo

De outro lado, 13 países do órgão de 15 membros apoiaram a resolução da Argélia, enquanto o Reino Unido se absteve.

Por Misto Brasil – DF

Os EUA vetaram uma resolução na ONU que exigia um cessar-fogo imediato na Faixa deGaza, depois de terem proposto o seu próprio projeto apelando a um cessar-fogo temporário. Washington disse que a resolução proposta pela Argélia “colocaria em risco” as negociações para acabar com a guerra.

Na sua própria resolução, os EUA alertaram Israel para não invadir a cidade de Rafah, informou a BBC.

O Brasil pediu à Corte Internacional de Justiça (CIJ), em Haia, nos Países Baixos, que declare como ilegal a ocupação dos territórios palestinos por forças militares de Israel. Para o Brasil, a ocupação, que dura desde 1967, viola as leis internacionais e o direito à autodeterminação do povo palestino.  

Os EUA já evitaram a palavra “cessar-fogo” durante as votações da ONU sobre a guerra, mas o presidente Joe Biden fez recentemente comentários semelhantes.

Linda Thomas-Greenfield, embaixadora de Washington na ONU, disse que não era o momento certo para pedir um cessar-fogo imediato enquanto as negociações entre o Hamas e Israel continuavam.

Treze países do órgão de 15 membros apoiaram a resolução da Argélia, enquanto o Reino Unido se absteve.

O projeto de resolução proposto pelos EUA apela a um cessar-fogo temporário “o mais rapidamente possível” e na condição de que todos os reféns sejam libertados, bem como apela ao levantamento das barreiras à ajuda que chega a Gaza.

No entanto, não está claro se ou quando o Conselho de Segurança votará a forma proposta por Washington. Mais de um milhão de palestinos deslocados, que representam cerca de metade da população de Gaza, estão amontoados em Rafah depois de serem forçados a procurar abrigo lá.

A cidade do sul, que faz fronteira com o Egito, era o lar de apenas 250 mil pessoas antes da guerra.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas