Brazlândia recebeu a força-tarefa contra a dengue neste sábado

Dengue pacientes atendidos Brazlândia DF Misto Brasil
Pacientes são atendidos durante açào da Saúde em Brazlândia/Arquivo/ Jhonatan Cantarelle/Agência Saúde-DF

Este é o quarto fim de semana marcado para realizar a megaoperação de erradicação do mosquito que transmite a doença

Por Misto Brasil – DF

Brazlândia recebeu, neste sábado (03), a operação do Governo do Distrito Federal (GDF) para a eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti que trasmite a dengue.

A força-tarefa contou com a atuação de órgãos de governo para limpar terrenos sujos e recolher lixo descartado irregularmente, informou a Agência Brasília.

No Distrito Federal, segundo boletim da Secretaria da Saúde, até agora foram registrados 45.074 casos prováveis.  Em torno de 40% dos casos estão na região do Sol Nascente. Atualizado às 19h43

Este é o quarto fim de semana marcado para realizar a megaoperação de erradicação do mosquito.

Desde 1º de janeiro, as equipes do SLUrecolheram 48.395 mil toneladas de resíduos das áreas públicas. Vicente Pires e 26 de Setembro, em Taguatinga, são as próximas regiões administrativas a receberem a operação de combate ao mosquito.

A operação em Brazlândia reuniu 300 pessoas e percorreu as ruas do Setor Veredas, Vila São José e do distrito de Vendinha, no município de Padre Bernardo, em Goiás, durante toda a manhã.

No Dia D de Brazlândia, equipes da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde (SES-DF), do Serviço de Limpeza Urbano (SLU), do Corpo de Bombeiros (CBMDF) e de outros órgãos do GDF reforçaram as ações contra a proliferação do mosquito nas regiões com maior registro de casos, com orientação à população, visitas domiciliares e limpeza de áreas públicas, entre outras atividades.

A aposentada Fátima Luciano Cardoso, se manifestou empolgada com a força-tarefa.

“Essa ação é importantíssima. Eu estou triste porque não estarei em casa para recebê-los. Mas quem puder, deixe as equipes entrar para que olhem tudo e orientem a população sobre o combate. A comunidade precisa se conscientizar”.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas