Lésbicas têm um bloco de rua para chamar de seu no Carnaval

Babydoll de Nylon Carnaval DF Misto Brasília
Blocos alternativos levam centenas de pessoas 'as ruas do Distrito Federal/Arquivo

O Rebu é aberto para todos que apoiam as causas LGBTQIA+, e vai para as ruas da capital federal no próximo sábado de Carnaval

Por Misto Brasil – DF

O bloco de rua do Distrito Federal, “O Rebu”, formado por mulheres lésbicas, se reunirá no sábado (10), a partir das 10 horas, no estacionamento do Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte).

O evento carnavalesco será o palco para a estreia da Rebu A Banda, o grupo com uma formação diversificada de pessoas, traz a proposta musical que mescla de ritmos carnavalescos e brasilidades.

As atrações musicais começam com o bloco amadrinhado neste ano, o Sapatônica às 10h. A DJ Carol Costa se apresenta às 13h10, a estreia da banda será às 15h, e o Trio Rebu encerra o line-up da festa, às 16h45.

O bloco carnavalesco nasceu como resposta à violência contra a comunidade LGBTQIA+ no país, buscando dar visibilidade aos artistas que representam as letras menos exploradas no acrônimo LGBT.

“O Rebu vai além de um bloco carnavalesco. É um movimento que acredita e trabalha para um futuro desejável, marcado pela coletividade, equidade de gênero, informação de qualidade, inclusão e acessibilidade para todos”, afirmou uma das responsáveis pelo evento e integrante da coletiva, a DJ Loly Alves.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas