Distrito Federal realizou 4.989 cirurgias na rede pública em 2023

Cardiologia cirurgia ICTDF Misto Brasil
Cirurgia realizada no Instituto de Cardiologia e Transplantes do Distrito Federal/Arquivo/Divulgação

O orçamento disponibilizado pelo Ministério da Saúde para a redução da fila do SUS na capital é de R$ 17,4 milhões, em 2024

Por Maria Eduarda – DF

O Distrito Federal realizou 4.989 cirurgias por meio do Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas (PNRF), entre março e outubro de 2023. A taxa de expansão no DF foi de 4%.

No Centro-Oeste foram realizadas 24.377 cirurgias pelo PNRF, o estado do Goiás registrou o maior número de 17.353, o Distrito Federal registrou 4.989, Mato Grosso 1.413 e Mato Grosso do Sul 622 cirurgias.

Ainda nesta região do país, foram realizados 167.424 procedimentos cirúrgicos, entre março e outubro, representando crescimento de 21% em comparação ao mesmo período de 2022.

O orçamento disponibilizado pelo Ministério da Saúde para o programa no Distrito Federal neste ano é de R$ 17,4 milhões.

A iniciativa do programa do ministério alcançou avanços significativos na redução das filas de espera no Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país, entre março e outubro de 2023, foram realizadas 350.225 cirurgias no âmbito do PNRF, representa 72% da meta.

Neste período as cirurgias mais realizadas no Brasil foram: cirurgia de catarata, retirada da vesícula biliar, do útero, cirurgia de hérnia e remoção das hemorroidas.

Para 2024, o Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas terá o orçamento dobrado, será R$ 1,2 bilhão investido para essa iniciativa

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas