IPC-S apresentou alta na primeira semana em Brasília e no Brasil

Restaurante comida Misto Brasília
O grupo de alimentação continua pesando no bolso do consumidor/Arquivo

Os itens que mais pesaram na capital federal foram alimentação e educação. A nível de país, Belo Horizonte registrou a maior alta entre oito pesquisados

Por Misto Brasil – DF

Transportes (-0,49%) e Comunicação (-1,02%) foram os dois únicos componentes da classe de despesas que tiveram redução na primeira semana de janeiro em Brasília. A pesquisa é do IPC-S que apontou uma variação positiva de 0,39% até o último dia 7.  Veja as tabelas logo abaixo.

O acumulado do índice registra alta de 3,55% nos últimos 12 meses. Apesar dessa alta, segundo a FGV Ibre que calcula esses gastos, cinco das oito classes de despesa apresentaram desaceleração em suas taxas de variação.

A nível de Brasil, houve um aumento de 0,40% e acumula alta de 3,15% nos últimos 12 meses. Cinco das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação.

A próxima divulgação dos resultados regionais do IPC-S será no próximo dia 17.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas