Grades de proteção começam a ser retiradas do Congresso Nacional

Congresso Nacional retirada das grades Misto Brasil
Servidores terceirizados retiram as grades da frente do Congresso/Reprodução vídeo

A estrutura de ferro já foi retirada há um ano da frente do Palácio do Planalto. Agora falta o STF decidir pela retirada dos gradis de proteção

Por Misto Brasil – DF

As grades que fazem a proteção do Congresso Nacional começaram a ser retiradas no final da tarde de hoje (09). Funcionários terceirizados retiraram as primeiras unidades do gramado central, que dá acesso à portaria principal da Câmara e do Senado Federal. Assista o vídeo logo abaixo.

O trabalho deve prosseguir nesta quarta-feira (10), quando o serviço poderá ser concluído. Os gradis estão em toda a área do Congresso Nacional há mais de dois anos e foram colocadas como uma medida de segurança.

A promessa da retirada foi feita pelo senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), na solenidade do ato Democracia Inabalada, que teve a participação dos chefes dos três Poderes. Não participou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que alegou problemas familiares.

Há um ano, as grades que também protegiam o Palácio do Planalto foram retiradas por ordem do presidente Lula da Silva (PT). As grades se mostraram ineficazes para evitar a invasão dos prédios dos três Poderes no 8 de janeiro do ano passado.

A retirada dessa estrutura de ferro em volta do Supremo Tribunal Federal depende de uma decisão do presidente da Corte, ministro Luiz Roberto Barroso. Sem as grades, a Praça dos Três Poderes está livre para a passagem de pessoas, mas não está à salvo da falta de preservação.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas