Ex-jogador e técnico Mário Jorge Lobo Zagallo morreu aos 92 anos

Zagallo ex-jogador e técnico morreu Misto Brasil
Ex-jogador e técnico Mario Jorge Lobo Zagallo foi campeão mundial como jogador e técnico/Reprodução/Instagram

O velório seriá neste domingo, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Será aberta ao público às 9h30

Por Misto Brasil – DF

O ex-jogador e técnico Mario Jorge Lobo Zagallo morreu nesta sexta-feira. A informação foi divulgada em seu perfil no Instagram. A causa da morte, no entanto, ainda não foi divulgada.

Único brasileiro campeão mundial como técnico e como jogador, Zagallo estava aposentado desde 2006, após a Copa do Mundo da Alemanha, informou o jornal Extra.

Mário Jorge nasceu em 9 de agosto de 1931 em Alagoas. Com menos de um ano, passou a morar no Rio de Janeiro. Foi no bairro da Tijuca que ele deu seus primeiros passos, e o primeiro time não poderia ser outro, o América, segundo o Uol.

O velório seriá neste domingo (07), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Será aberta ao público às 9h30. O sepultamento está marcado para às 16 horas, no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

Ele conviveu com inúmeros problemas de saúde. A última internação havia sido em julho do ano passado por causa de uma infecção respiratória.

“Um pai devotado, avô amoroso, sogro carinhoso, amigo fiel, profissional vitorioso e um grande ser humano. Ídolo gigante. Um patriota que nos deixa um legado de grandes conquistas. Agradecemos a Deus pelo tempo que pudemos conviver com você e pedimos ao Pai que encontremos conforto nas boas lembranças e no grande exemplo que você nos deixa”, diz a nota publicada nas redes sociais.

Ele ficou internado por quase duas semanas, mas recebeu alta às vésperas do seu aniversário de 90 anos.

Viúvo desde 2012 de Alcina de Castro, Zagallo deixa quatro filhos: Maria Emilia de Castro Zagallo, Paulo Jorge de Castro Zagallo, Mário César Zagallo, Maria Cristina de Castro Zagallo.

Um resumo da sua carreira como profissional

Ainda menino, o alagoano criado na Tijuca e jogador das categorias de base do América, jogou no terreno onde seria construído o então maior estádio do mundo para a Copa da 1950.

Com o Maracanã de pé, viu das arquibancadas, onde fazia a segurança como militar da Polícia do Exército, a traumática vitória do Uruguai sobre o Brasil na final. Era uma daquelas 200 mil pessoas testemunhas do Maracanazzo.

Não demorou muito para o estádio fazer parte constante da sua vida. Assim como a seleção brasileira.

A “Formiguinha”, como era conhecido, teve participação ativa no meio-campo de Flamengo e Botafogo e da seleção bicampeã do mundo em 1958 e 1962.

O “Velho Lobo”, comandou títulos inesquecíveis tanto dos clubes quanto do Brasil.

A passagem pelo Flamengo, como jogador, não foi tão emblemática. Mas lá estava ele no tricampeonato carioca dos anos 1950. A memória do rubro-negro, no entanto, está viva na final do Carioca de 2001.

Enquanto Petkovic fazia o gol de falta que dava mais um tri estadual, Zagallo se agarrava à beira do campo com a imagem de Santo Antônio, de quem é devoto e de onde vem a superstição com o número 13: o dia do santo é 13 de junho.

Nota de pesar da família

É com enorme pesar que informamos o falecimento de nosso eterno tetracampeão mundial Mario Jorge Lobo Zagallo.

Um pai devotado, avô amoroso, sogro carinhoso, amigo fiel, profissional vitorioso e um grande ser humano. Ídolo gigante. Um patriota que nos deixa um legado de grandes conquistas.

Agradecemos a Deus pelo tempo que pudemos conviver com você e pedimos ao Pai que encontremos conforto nas boas lembranças e no grande exemplo que você nos deixa.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas