Auditores têm reajuste de 16% e deputado cobrou piso dos enfermeiros

Plenário Câmara Legislativa DF Misto Brasília
Votação no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal/Arquivo/Divulgação

Com a reestruturação da carreira de auditores, houve mais um reajuste de 16%. Hospitais não pagam o piso dos enfermeiros

Por Misto Brasil – DF

O projeto que reestrutura a carreira da Auditoria Tributária do Distrito Federal foi aprovado pela Câmara Legislativa. A proposta do governo distrital equipara os salários dos auditores do Distrito Federal ao de outros estados.

A reestruturação vai representar um reajuste salarial de 16% para a categoria. Serão duas parcelas de 8% cada — a serem pagas em janeiro de 2025 e janeiro de 2026. Outros 18% já tinham sido concedidos pelo governo.

A matéria foi aprovada em dois turnos com a presença de 20 deputados, não havendo nenhum voto contrário. Um grupo de servidores presentes no plenário comemorou a aprovação do PL.

Enquanto isso, o deputado Jorge Vianna (PSD), cobrou o pagamento do piso nacional da enfermagem nos hospitais privados. O parlamentar exibiu um áudio de uma técnica de enfermagem que trabalha em um hospital privado reclamando da falta de pagamento do piso, registrou a Agência CLDF.

Segundo o deputado, os empresários do setor sabem que têm que pagar os novos valores e “estão enrolando, além de demitirem em massa”.

“Estão forçando os técnicos a ficarem com mais pacientes por retaliação ao piso da enfermagem. Isso é inconcebível, o STF já determinou o pagamento do piso. Os empresários precisam botar a mão na consciência”.

 

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas