Israel informou a morte de 347 soldados desde o início da guerra

Primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu com soldadfos Misto Brasil
Primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu com soldados/Arquivo/Reprodução vídeo

Na Faixa de Gaza foram mortas 9.700 pessoas e mais 24.800 ficaram feridas, segundo o Ministério da Saúde de Gaza

Por Misto Brasil – DF

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel (FDI), Daniel Hagari, anunciou que o número de soldados mortos desde o início da escalada do guerra palestino-israelense em 7 de outubro chegou a 347.

Hagari declarou: “Lamentavelmente, informamos as famílias sobre a perda de 347 soldados que deram suas vidas na defesa de Israel”.

Segundo dados atualizados de 5 de novembro do Ministério da Saúde de Gaza, desde o início da guerra no mês passado, na Faixa de Gaza foram mortas 9.700 pessoas e mais 24.800 ficaram feridas.

Israel informou sobre cerca de 1.400 mortos entre soldados e civis nos ataques lançados pelo Hamas.

Enquanto tais países como os EUA, a França, a Alemanha e o Reino Unido anunciaram o seu forte apoio ao Estado judeu, condenando as “atrocidades” do movimento palestino Hamas, a maioria dos países do Oriente Médio ficou do lado dos palestinos, mas não do Hamas.

O Brasil e a Rússia, por sua parte, estão entre os países que mantêm uma posição diplomática neutra: tanto Brasília como Moscou condenaram o derramamento de sangue na Faixa de Gaza e pedem a Israel e à Palestina um cessar-fogo e o retorno à mesa de negociações.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas