Rodoviários entram em greve nesta segunda-feira. Ibaneis faz apelo

Rodoviários assembleia greve DF Misto Brasil
Rodoviários aprovam a greve a partir desta segunda-feira/Divulgação

Os trabalhadores querem reajuste de salário e rejeitam proposta da empresas. Metrô-DF promete reforçar o sistema

Por Misto Brasil – DF

Os rodoviários do Distrito Federal decidiram neste domingo (05) entrar em greve a partir das primeiras horas desta segunda-feira (06). Na assembleia geral, a decisão foi unânime pela paralisação que deixará sem transporte cerca de 700 mil pessoas.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) fez um apelo para que a categoria evite a greve, mas disse que reconhece o “valor dos rodoviários, que todos os dias transportam milhares de pessoas. Compreende também as reivindicações da categoria. Por tudo isso, é hora de responsabilidade”.

O governador garantiu que a Secretaria de Mobilidade  “tem envidado todos os esforços” para colaborar com o fim do movimento grevista, “e a sociedade apela para que as partes cheguem a um bom termo”.

A Semob considera a greve abusiva, segundo a Agência Brasília, porque houve proposta das operadoras e acordo entre as empresas e o Sindicato dos Rodoviários.

“A sociedade espera que os rodoviários voltem à mesa de negociação com as empresas pelo bem de todos. Milhares de trabalhadores dependem deles para tocar suas vidas”.

Para compensar em parte a falta de ônibus urbanos, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou que vai rodar com o máximo de sua capacidade nesta segunda-feira.

Os trabalhadores querem um acordo coletivo de trabalho com as empresas de transporte público para um reajuste salarial, com ganhos acima da inflação. As negociações começam em agosto.

Os trabalhadores receberam uma proposta prevendo reajuste de 5,33% nos salários, no plano de saúde e no plano odontológico, além de reajuste de 8% no tíquete alimentação e de 10% na cesta básica. A categoria considerou que os índices propostos não foram suficientes.

“A categoria rejeitou a proposta apresentada e agora só nos resta ir pra luta, para atender a vontade dos trabalhadores. Esperamos sair vitoriosos”, disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal, João Dão.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas