Declaração de Lula da Silva faz dólar ser cotado a R$ 5,20

Combate à corrupção dólar Misto Brasília
O dólar norte-americano é a moeda preferida em todo o mundo/Arquivo/ONU

O presidente disse no final da manhã que a meta primária não precisa ser alcançada e até a equipe econômica foi pega de surpresa

Por Misto Brasil – DF

A declaração do presidente Lula da Silva sobre o déficit primário, hoje (27) pela manhã, provocou impacto imediato no mercado financeiro, com o dólar cotado neste momento, às 16h43, a R$ 5,20. Atualizado às 17h49

No fechamento das cotações, pouco antes das 18 horas, o dólar fechou em R$ 5,013, alta de 0,46%. O Ibovespa fechou em queda de menos 1,29%, com 113.301 pontos.

O Ibovespa virou para queda e cai 1,2%, descendo aos 113,3 mil pontos. Apenas seis ativos sobem, como a Vale e Usiminas. Os juros futuros saltaram às máximas da sessão, segundo Infomoney. Na terça-feira (24) a moeda norte-americana fechou em R$ 5,00, pela primeira vez desde 26 de setembro.

A bolsa tem impacto negativo também pelas declarações do presidente. Até mesmo a equipe econômica foi pega de surpresa de que a meta fiscal não precisa ser zerada, segundo revlou o jornal Valor.

Uma das fontes, aponta o Valor, disse que mexer na meta a essa altura “pode amplificar problemas”.

“Questão de timing ruim. Agora que a agenda [de medidas fiscais] tem avançado”, afirmou a fonte, em off, em referência à aprovação do projeto, nesta semana, da taxação de fundos de super ricos.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas