Ônibus envolvido em acidente com cinco mortes era clandestino

Acidente ônibus DF Misto Brasília
ônibus tombado na BR-070 após acidente no final da tarde de hoje/Reprodução vídeo

Nota da ANTT confirma situação do veículo. Motorista presta depoimento. O ônibus vinha do Maranhão

Por Misto Brasil – DF

O ônibus de turismo envolvido no acidente no início desta noite na BR-070, no Distrito Federal, viajava sem autorização da Agência Nacional de Transporte Terrestre.

Pouco antes do acidente, o veículo foi parado para vistoria pela ANTT num posto da Poícia Rodoviária Federal (PRF) e depois seguiu sob escolta de agentes daAgência.

No acidente morreram cinco pessoas e sete ficaram em estado grave. Outras sete pessoas também tiveram ferimentos em menor gravidade.

Leia – acidente com ônibus provoca cinco mortes

O motorista do ônibus presta depoimento na Polícia Civil do Distrito Federal e pode esclarecer a dinâmica do acidente e o destino do veículos com 32 passageiros.

Am nota, a Agência confirma que o veículo trafegava de forma clandestina. “A ANTT informa que o veículo de placa JHN-2973 não possui autorização para transporte interestadual de passageiros, sendo considerado um serviço clandestino”. Veja a nota da ANTT logo abaixo.

“Como procedimento padrão neste tipo de situação de flagrante, o veículo é escoltado até o terminal rodoviário mais próximo, onde é efetivamente apreendido e os passageiros podem seguir viagem por linha regular, sob responsabilidade de custa da empresa infratora”.

Há pouco, a PRF informou que o trânsito foi liberado no sentido Águas Lindas de Goiás: “Trânsito no local foi liberado e está fluindo por desvio, garantindo a fluidez”.

Nota da ANTT confirma que o veículo era clandestino

A Agência Nacional de Transportes Terrestres lamenta e expressa solidariedade aos familiares das vítimas do acidente envolvendo um ônibus neste sábado (20) na BR-070, no Distrito Federal e esclarece que fornecerá todas as informações necessárias às autoridades de segurança pública para apoiar as investigações.

A ANTT informa que o veículo de placa JHN-2973 não possui autorização para transporte interestadual de passageiros, sendo considerado um serviço clandestino. O ônibus foi abordado no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), onde a corporação e fiscais da ANTT constataram a situação irregular do transporte. Como procedimento padrão neste tipo de situação de flagrante, o veículo é escoltado até o terminal rodoviário mais próximo, onde é efetivamente apreendido e os passageiros podem seguir viagem por linha regular, sob responsabilidade de custa da empresa infratora.

O acidente ocorreu quando o motorista do ônibus, que estava sendo escoltado por uma viatura da ANTT até o Terminal Rodoviário de Taguatinga, tentou empreender uma fuga na BR-070. A Agência esclarece que, em nenhum momento, houve perseguição por parte da equipe da Agência. Na fiscalização no posto da PRF, além de constatar a falta de autorização para transporte, foi identificado que o veículo estava sem seguro e com os pneus carecas.

Vale destacar que, nas empresas outorgadas pela Agência, quando ocorrem acidentes, existe a obrigação de comunicação dos fatos, e dependendo da causa, são abertos procedimentos para verificação das condições de segurança.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas