Ajuda humanitária liberada temporariamente para a Faixa de Gaza

Faixa de gaza prédios destruídos bombardeios Misto Brasília
Prédios destruídos na Faixa de Gaza por bombardeios israelenses/Arquivo/Reprodução vídeo

Mais de 200 caminhões levando aproximadamente 3 mil toneladas de ajuda humanitária estão estacionados há dias

Por Misto Brasil – DF

A passagem de fronteira de Rafah, que liga o norte da Península do Sinai à Faixa de Gaza, abriu temporariamente neste sábado (21) para permitir a entrada de 20 caminhões levando remessas de ajuda humanitária ao enclave palestino.

Mais de 200 caminhões levando aproximadamente 3 mil toneladas de ajuda humanitária estão estacionados há dias no lado egípcio, perto da passagem, esperando poderem seguir para Gaza.

Após o ataque de 7 de outubro do grupo terrorista Hamas, Israel bloqueou o território e lançou ondas de bombardeios.

Os 2,3 milhões de palestinos de Gaza, metade dos quais fugiram das suas casas, estão racionando comida e bebendo água suja. Hospitais dizem que são ficando sem suprimentos médicos e combustível para geradores de emergência em meio a um apagão de energia em todo o território.

Segundo informação da mídia egípcia e do Crescente Vermelho egípcio, apenas 20 caminhões cruzaram para Gaza neste sábado, levando sobretudo suprimentos médicos e alimentos.

A passagem – a única para Gaza não controlada por Israel – fechou novamente depois da travessia dos caminhões.

O chefe humanitário da ONU, Martin Griffiths, disse que o comboio “não deve ser o último” e que a entrega daria início a “um esforço sustentável para fornecer suprimentos essenciais” a Gaza.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas