Servidores presos e diretores da Abin afastados por espionagem ilegal

Abin entrada DF Misto Brasília
Entrada da agência de inteligência do governo brasileiro/Arquivo/Divulgação

É investigado o uso indevido de um sistema de geolocalização. Estão sendo cumpridos mandados judiciais no DF e quatro estados

Por Misto Brasil – DF

Mandados judiciais estão sendo cumpridos desde o início da manhã no Distrito Federal e mais quatro estados da federação. Dois servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Rodrigo Colli e Eduardo Arthur Yzycky. foram presos na operação que está sendo executada por agentes da Polícia Federal.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, determinou o afastamento do cargo de diretores atuais da Abin.

É investigado o uso ilegal de um sistema de geolocalização por servidores da Abin. De acordo com as primeiras informações, os servidores tinham conhecimento do uso do sistema e praticaram coação indireta para evitar a demissão em processo administrativo disciplinar.

A TV Globo apurou que as condutas teriam ocorrido durante a gestão Jair Bolsonaro, quando a agência era presidida pelo atual deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ).

Estão sendo cumpridos 25 mandados de busca e apreensão e medidas cautelares em São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Goiás e no Distrito Federal. As medidas judiciais foram expedidas pelo STF.

A fabricante do software tem um escritório em Florianópolis, que também foi alvo de buscas, informou o g1. O uso do sistema FirstMile, desenvolvido pela empresa israelense Cognyte

O sistema utilizado pela Abin é um software intrusivo. “A rede de telefonia teria sido invadida reiteradas vezes com a utilização do serviço adquirido com recursos públicos”.

De acordo com o Uol, o programa secreto FirstMile foi usado nos três primeiros anos do governo Jair Bolsonaro (PL) e determinava a localização aproximada de uma pessoa apenas digitando o número do celular.

O sistema para vigiar cidadãos permitia rastrear até 10 mil pessoas por ano.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas