Crimes de ódio cresceram muito em Londres após ataques do Hamas

Líbano manifestação pró Hamas Misto Brasília
Manifestantes no Líbano fazem protesto contra Israel e a favor do Hamas/Arquivo/Reprodução vídeo

As estatísticas foram divulgadas na véspera de uma grande manifestação pró-Palestina. Entre 1 e 18 de outubro, registaram-se 218 incidentes anti-semitas

Por Misto Brasil – DF

A Scotland Yard diz que houve um enorme salto nos crimes de ódio – predominantemente incidentes anti-semitas – desde os ataques do Hamas a Israel, informou o repórter Dominic Casciani, da BBC News.

Entre 1 e 18 de outubro, registaram-se 218 incidentes anti-semitas em Londres – um aumento em relação aos 15 registados no mesmo período do ano passado. O número de incidentes islamofóbicos aumentou para 101, contra 42 no ano passado.

As estatísticas foram divulgadas na véspera de uma grande manifestação pró-Palestina em Londres. Os chefes de polícia proibiram qualquer manifestante de se reunir em frente à embaixada israelense.

A Polícia Metropolitana disse estar recebendo denúncias de crimes de ódio ocorridos tanto pessoalmente quanto online e que, até agora, foram uma mistura de incidentes com motivação racial e religiosa.

Até agora, 21 pessoas foram presas e os agentes analisaram 1.400 denúncias de conteúdo potencialmente ilegal online.

O Ministério da Saúde palestino afirma que o número de mortos em Gaza atingiu 4.137 desde 7 de outubro, à medida que os combates entre o Hamas e Israel continuam.

Mais de 13 mil pessoas ficaram feridas em Gaza, disseram.

Israel tem bombardeado fortemente a Faixa de Gaza desde que o Hamas lançou os seus ataques em 7 de Outubro.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas