Cinegrafista foi morto em bombardeio de Israel no sul do Líbano

Cinegrafista bombardeio Israel Misto Brasília
Colegas de cinegrafistas correm durante bombardeio israelense/Reprodução vídeo

A morte do cinegrafista se soma às outras oito mortes de profissionais da comunicação na Faixa de Gaza

Por Milto Brasília – DF

Um cinegrafista da agência Reuters foi morto enquanto trabalhava no sul do Líbano, informou a empresa de mídia em comunicado nesta sexta-feira (13), após bombardeio da artilharia de Israel.

Leia – brasileira na Faixa de Gaza relata medo e terror

“Ficamos profundamente tristes ao saber que o nosso cinegrafista Issam Abdallah foi morto”, afirmou o comunicado da Reuters.

Issam fazia parte de uma equipe da Reuters no sul do Líbano que fornecia um sinal de vídeo ao vivo.

“Estamos buscando urgentemente mais informações, trabalhando com as autoridades da região e apoiando a família e os colegas de Issam”, disse a Reuters.

A morte do cinegrafista se soma às outras oito mortes de profissionais da comunicação na Faixa de Gaza, segundo informou a CNN.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas