Secretário-geral da Otan prevê uma longa guerra na Ucrânia

Guerra Ucrânia Rússia soldado na frente de combate Misto Brasília
Soldado ucraniano na frente de combate com a Rússia/Arquivo/Notícias da Ucrânia

Jens Soltemberg disse que se os ucranianos parassem de lutar, a Ucrânia deixaria de existir e que a paz depende da Rússia

Por Misto Brasília – DF

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, disse neste domingo (17) que a aliança tem de se preparar para uma longa guerra na Ucrânia e insistiu que os países-membros precisam aumentar os seus gastos com a defesa.

“A maioria das guerras dura mais do que se pensa quando começam. É por isso que devemos nos preparar para uma longa guerra na Ucrânia”, disse Stoltenberg em declarações grupo alemão de mídia Funke.

Stoltenberg disse que embora uma paz rápida fosse desejável, é preciso lembrar que “se os ucranianos parassem de lutar, a Ucrânia deixaria de existir”.

A paz, segundo Stoltenberg, só será alcançada quando o presidente da Rússia, Vladimir Putin, parar de atacar a Ucrânia.

Depois de uma eventual paz, na avaliação de Stoltenberg, a Ucrânia necessitará de garantias de segurança e “não há dúvida” de que o país fará parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Stoltenberg insistiu na necessidade de os membros da Otan aumentarem os gastos militares e cumprirem a meta de dedicarem à defesa pelo menos 2% do Produto Interno Bruto (PIB).

A Alemanha é um dos países que ainda não alcançou esta meta, mas o secretário-geral da Otan frisou que a nação está “no caminho certo”, informou a Agência DW.

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas