Policiais civis pressionam o Congresso para votar o reajuste

Polícia Civil DF manifestação Câmara dos Deputados Misto Brasília
Policiais civis na entrada da Câmara para pressionar por reajuste salarial/Reprodução vídeo

Dezenas de policiais civis estão nas entradas da Câmara para que o Congresso aprove hoje o reajuste de 18%

Por Misto Brasília – DF

Os policiais civis do Distrito Federal estão nas entradas da Câmara dos Deputados, onde acontece a sessão do Congresso Nacional. Eles pressionam pela aprovação do reajuste de 18% nos salários. Veja um vídeo logo abaixo. Atualizado às 16h18

Há pouco, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) informou que “após muita conversa com o governo”, ficou definido por acordo. Amanhã haverá uma reunião entre o senador e membros da bancada do DF, governo federal e governo do Distrito Federal, para acertarem como o reajuste pode ser viabilizado. Um novo projeto deverá ser encaminhado nos próximos 30 dias.



A categoria foi surpreendida ontem (25) na Comissão Mista de Orçamento (CMO), que bateu o martelo para um reajuste de 9%. O valor é o mesmo a ser concedido em maio para as categorias dos servidores civis do governo federal. Segundo os policiais, pela defasagem salarial, o reajuste mínimo deveria ser de 37%.

No plenário do Congresso, parlamentares da bancada federal do DF protestaram pela quebra de um acordo que foi feito entre o governo local e o Palácio do Planalto. Apelaram nesta tarde para que os colegas votem favoráveis ao reajuste previsto no PLN 2 a ser votado hoje, já que o dinheiro vem do Fundo Constitucional.



“Não há aumento de gastos. O dinheiro já existe e está disponível”, relataram o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) e a deputada Érika Kokay (PT-DF).

O ex-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF), Alex Galvão, diz que o momento é de pressão para que a matéria seja votada ainda nesta quarta-feira.

“Estamos no limite do cansaço com tantos percalços que têm ocorrido. Sempre há uma barreira, uma dificuldade, e sentimos que falta a vontade política para solucionar esta demanda, disse o diretor do Sinpol-DF, diretor Diego Vaz.





Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas