Ministro assina reajuste de 9% para os servidores federais

Ministro Sérgio Eduardo Mendonça Misto Brasília
Sérgio Mendonça é ministro da Secretaria de Gestão de Pessoas/Arquivo/Divulgação

O termo de acordo é assinado nesta sexta-feira após uma série de reuniões entre o governo e os sindicalistas

Por Misto Brasília – DF

O ministro da Secretaria de Gestão de Pessoas e de Relações de Trabalho, Sérgio Eduardo Mendonça, assina nesta sexta-feira (24), o acordo para reajuste dos salários e do auxílio alimentação dos servidores públicos federais.

O índice de 9% passa a vigorar a partir de 1º de maio e vale para todas as categorias de servidores federais civis. O funcionalismo também vai ter um reajuste de R$ 200 no auxílio, que passa a valer R$ 658,00, também a partir de maio. Para esse item, será publicada uma portaria que autoriza essa majoração.

Leia – Reajuste dos servidores do DF será de 18% dividido em três vezes



Para o reajuste dos salários será necessário a aprovação de um projeto de lei do Congresso Nacional (PLN). Essa proposta ainda não chegou para os 81 senadores e para os 513 deputados federais.

A proposta de reajuste foi fechada após uma série de reuniões dos sindicalistas com o governo. Inicialmente, a proposta do governo era de 7%. Os servidores não aceitaram. Eles queriam pelo menos 12%, mas aceitaram uma proposta intermediária.


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas