Governo dinamarquês cria fundo de R$ 5,27 bilhões para a Ucrânia

Ucrânia guerra prédios destruídos
A guerra está destruindo as cidades da Ucrânia/Arquivo/Guerra en Ucrânia

A distribuição dos recursos no fundo reflete em grande parte para ajuda militar e reconstrução do país em guerra com a Rússia

O governo dinamarquês anunciou nesta quarta-feira (15) a criação de um fundo de DKK 7 bilhões (R$ 5,27 bilhões) de ajuda à Ucrânia, informou a Reuters.

“O fundo, cuja criação foi acordada por uma ampla maioria dos partidos no parlamento, canalizará DKK 5,4 bilhões (R$ 4,07 bilhões) para ajuda militar. Outros 1,2 bilhão (R$ 900 milhões) para ajuda civil. E 4 bilhão (R$ 301,2 milhões) para os esforços das empresas dinamarquesas para reconstruir a Ucrânia”, diz o artigo.



Segundo o ministro das Relações Exteriores dinamarquês Lars Lokke Rasmussen, a distribuição dos recursos no fundo reflete em grande parte os desejos da Ucrânia, que além da ajuda militar e humanitária inclui agora a reconstrução, publicou a Agência Sputnik.

Desde o início do conflito na Ucrânia, várias organizações e Estados ocidentais destinaram bilhões de dólares em ajuda à Ucrânia.



Mas apesar do crescente cansaço da população e dos problemas de corrupção relatados nas principais mídias do mundo, as autoridades ocidentais não têm a intenção de reduzir seu apoio financeiro e militar à Ucrânia.

Por sua vez, a Rússia já remeteu uma nota aos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) sobre o fornecimento de armas à Ucrânia.

O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, observou que qualquer carga que contenha armas para a Ucrânia será um alvo legítimo para a Rússia.


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas