Rodovia interditada Paraná Misto Brasília

Bombeiros estima 30 desaparecidos em desabamento no Paraná

O trânsito na BR-376 está interditado na altura do quilômetro 669 desde a noite de segunda-feira

Por Ludmila Souza – DF

O Corpo de Bombeiros do Paraná estima que 30 pessoas estejam desaparecidas após o desabamento de terra na BR-376. Após um grande acumulado de chuvas na região, um alto volume de terra, vegetação e detritos deslizaram sobre as pistas na altura do km 669 na noite de segunda-feira (28).



A rodovia está interditada nos dois sentidos e não há previsão para liberação do tráfego. Foram resgatadas com vida seis pessoas e foram confirmados dois óbitos O incidente envolveu 10 veículos de passeio e seis carretas.

Estão sendo utilizados guinchos, cães treinados e drones com câmera com identificação térmica para encontrar sinais de vida. “Conseguimos avançar na retirada de três veículos e de uma carreta, nessa carreta foi retirado um segundo óbito, essa pessoa foi retirada e já está devidamente no IML na região sul.


A dificuldade de hoje é que as previsões para a tarde é de um aumento das chuvas, a área já é de risco e tende com esses chuvas a piorar, mas continuamos lá com a mesma quantidade de efetivo, 54 bombeiros”, informou o Coronel Manoel Vasco, comandante do Corpo de Bombeiros do estado.

A Defesa Civil do Paraná informou que os bloqueios na BR-376 são na praça de pedágio em São José dos Pinhais (sentido Santa Catarina), no km 635, e em Garuva (sentido Curitiba), no km 1. São áreas com possibilidade de retorno para que ninguém fique preso na rodovia enquanto a pista não for liberada.