Moscou Rússia capital Misto Brasília

Rússia entra oficialmente em recessão com a queda do PIB

O país agora atende à definição técnica de uma economia em recessão, com dois trimestres consecutivos de queda do PIB

A Rússia entrou oficialmente em recessão após uma queda de 4% em seu Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre deste ano. A estimativa preliminar é da agência nacional de estatísticas russa Rosstat, publicada nesta quarta-feira (16).

Como o encolhimento do PIB entre julho e setembro tem o mesmo tamanho do registrado no segundo trimestre, a Rússia agora atende à definição técnica de uma economia em recessão, com dois trimestres consecutivos de queda do PIB.



A redução de 4% na produção econômica entre julho e setembro foi menor do que a contração de 4,5% esperada por muitos analistas. A queda foi impulsionada por uma retração de 22,6% no comércio atacadista e de 9,1% no varejo.

Por outro lado, os setores de construção e agropecuário cresceram 6,7% e 6,2%, respectivamente.

A Rússia já havia sofrido uma recessão econômica entre 2020 e o início de 2021 devido à pandemia de Covid-19. O PIB do país subiu 3,5% no primeiro trimestre de 2022, mas o início da ofensiva russa na Ucrânia em 24 de fevereiro levou a uma onda de sanções que fragilizou a economia russa.