Moscou Rússia Misto Brasília

Rússia culpa Ucrânia por míssil que atingiu a Polônia

Ministério da Defesa informou que no ataque nenhum artefato teve como alvo a capital ucraniana

O Ministério da Defesa da Rússia informou que o míssil exibido nas imagens divulgadas pela Polônia foi identificado como um projétil do sistema S-300 das forças ucranianas.



O MD russo também afirmou que, durante o ataque massivo realizado na terça-feira (14), nenhum míssil teve Kiev como alvo, e que as imagens, divulgadas nas redes sociais, mostram destruições provocadas por mísseis das forças ucranianas.

“Todos os danos demonstrados pelo regime de Kiev nos quarteirões residenciais da capital ucraniana são consequências diretas da queda e autodestruição de mísseis antiaéreos disparados por tropas ucranianas a partir de sistemas de defesa aérea das forças ucranianas, bem como de sistemas estrangeiros localizados no centro da cidade”, informou.



Posteriormente, o MD russo informou que na área de Kupyansk a aviação russa frustrou uma tentativa de ofensiva de três batalhões táticos ucranianos, resultando na eliminação de mais de 80 militares, segundo informou a Agência Sputnik.
Outra ofensiva ucraniana foi frustrada na área de Stepnoe em Donetsk, onde as forças ucranianas perderam mais de 65 militares e mercenários estrangeiros.Na área de Novoegorovka em Lugansk, uma estação de radar de produção norte-americana foi destruída, bem como um lançador múltiplo de foguetes Grad na área de Artemovka.