comércio df vendas Misto Brasília

Copa do Mundo deve ajudar nas vendas da black friday

Entre os itens que devem ser mais procurados no evento de vendas estão eletrodomésticos, celulares e vestuário

Por Misto Brasília – DF

Os eletrodomésticos (59%) e celulares (57%) representam são os principais itens que o consumidor pretende comprar na black friday. Em seguida aparece o vestuário (56%).

O evento de vendas tem sua principal data marcada para a sexta-feira (25). Será a primeira vez que a black Friday coincide com a Copa do Mundo (entre 20 de novembro até 18 de dezembro), evento que impulsiona o motor de vendas.



O levantamento foi realizado pela Nielson com a Toluna. Em outra pesquisa da Behup, realizada em maio, aponta que as expectativas de vendas são roupas e acessórios (20%), eletrônicos (15%) e compras de supermercado (14%).

“Tem o Black November que os marketplaces realizam já no começo de novembro e oferece aos consumidores mais possibilidades de comprar o que desejam antecipadamente. Artigos como camisas do Brasil podem ser comprados semanas ou dias antes do dia 25 com desconto, e já poderão ser usados no primeiro jogo da seleção”, comenta Claudio Dias, CEO da Magis5.


A previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico é que, neste segundo semestre, o e-commerce alcance um volume de vendas de R$ 91,5 bilhões. Lembrando que as vendas em marketplaces representam quase 80% do comércio digital.

“Com o aumento das vendas neste período, o lojista tem que preparar seu estoque para não vender sem ter mercadorias e causar frustrações a seus clientes, negociar com fornecedores e preparar sua equipe”, diz Claudio Dias.