Bolsa de Madrid

Mercado de olho na inflação e no debate de quinta-feira

É esperado que os negócios sejam contaminados pelo mau humor externo e o dólar ganha força

Por Misto Brasília – SP

Nesta semana a agenda econômica vem cheia, com destaques para a ata da última reunião do Copom, o IPCA-15 de setembro e o Relatório Trimestral de Inflação (RTI), enquanto na quinta-feira (29) acontece o último debate com os presidenciáveis. Neste debate, a assessoria confirmou a presença do candidato Lula da Silva (PT).

No debate de sábado (24), Ciro Gomes e Simone Tebet foram os destaques



No exterior os olhares ficam voltados para os dados de inflação americana, na zona do euro e na Alemanha. com destaque também para falas de vários dirigentes do Federal Reserve (FED), bem como de Jerome Powell, seu presidente, além do discurso de Cristine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE).

No Brasil é esperado que os negócios sejam contaminados pelo mau humor externo, enquanto o mercado aguarda pela ata do Copom, onde serão buscados novos sinais sobre o futuro da política monetária no país e sobre o início do ciclo de redução da taxa básica de juros.



Os contratos futuros de petróleo negociam no vermelho dando continuidade à queda da semana passada ao passo que o dólar ganha força. Em Nova York os índices futuros acionários operam também em queda, refletindo também em pressão de queda nas bolsas europeias.

O dólar ganha força ante as seis principais divisas, como indicado pela alta do índice DXY, sustentado principalmente pela alta nos juros americanos. Neste cenário as bolsas asiáticas fecharam em queda nesta segunda-feira, acompanhando o tom negativo do mundo inteiro.