Caminhada alertou para a doença de alzheimer

Caminhada alzheimer DF Misto Brasília
Público que participou das atividades hoje no Parque da Cidade/Divulgacão

Houve também outras atividades  com a participação de um grande público no Parque da Cidade

Pelo menos 700 pessoas participaram neste domingo (18) da Caminhada da Memória, evento que tratou da temática de demências, com foco na doença de alzheimer.



O coletivo Filhas da Mãe e ONG Rodas da Paz, além do Sesc ofertaram diversas atividades ao público do evento no Estacionamento 13 do Parque da Cidade, como  palestras, exibição de bicicletas, tenta sensorial, massagem,  Tai Chi Chuan, informações sobre envelhecimento saudável, atendimentos de odontologia e muito mais.

Lenilde Santos Borges, com 82 anos, estava muito feliz com a caminhada. “Acordei cedo e estou adorando tudo aqui, tem muitos idosos que quase não saem de casa”.



“Eu parei  um pouco na pandemia, mas agora estou muito ativa, eu frequento o projeto “Mente Viva” do Sesc e lá eu fui informada sobre a caminhada e hoje estou muito feliz de participar  com a minha amiga”, completou Bel Kis.

O coordenador de Esporte e Lazer do Sesc-DF, Gustavo Schmarczek Beier,  explicou que a alzheimer, neurodegenerativa, se caracteriza por declínios cognitivos, motores e funcionais que tendem a progredir com o avanço da doença.

“A atividade física, hoje representada no evento, pela caminhada, torna-se fundamental dentro desse processo, contribuindo para a qualidade de vida dos idosos”, apontou.

HostMídia

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas