Agência Europeia aprova nova vacina contra a Covid-19

Covid-19 subvariantes BA.4 e BA.5 Misto Brasília
Subvariantes BA.4 e BA.5 da doença viral Covid-19/Arquivo/Reprodução

Vacinas anteriores oferecem boa proteção contra as internações e mortes, mas sua eficácia foi reduzida

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou nesta segunda-feira (12) uma nova vacina produzida pela Pfizer-BioNTech criada para combater as subvariantes BA.4 e BA.5 da variante ômicron do coronavírus, informou a DW.

A assim chamada vacina bivalente age não somente como dose de reforço contra as duas subvariantes altamente infecciosas, mas também contra a cepa original do coronavírus Sars-Cov-2.



A recomendação da agência é que o produto seja aplicado em maiores de 12 anos que tenham recebido ao menos a vacinação primária contra a Covid-19. A aprovação será submetida à Comissão Europeia, o que deve ocorrer em breve.

Logo depois, a vacina bivalente BA.4/5 deverá estar disponível em todos os 27 Estados-membros da União Europeia (UE) em questão de dias, afirmou a Pfizer em comunicado divulgado nesta segunda-feira. O aval da EMA veio poucos dias depois de a agência aprovar outros imunizantes contra a subvariante BA.1 desenvolvidos pela Pfizer-BioNTech e pela Moderna.


As vacinas anteriores contra a Covid-19 oferecem boa proteção contra as internações hospitalares e mortes, mas sua eficácia foi reduzida à medida que o vírus se desenvolvia.

Nos Estados Unidos, porém, a agência reguladora Food and Drug Administration (FDA) afirmou estar somente interessada nas vacinas contra as variantes BA.4 e BA.5, e já aprovou no início de setembro os novos imunizantes produzidos pela Pfizer-BioNTech e Moderna.
HostMídia

Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas