Briga de gangues provoca a morte de 50 pessoas no Haiti

Mapa República Republicana e Haiti Misto Brasília
Mapa geral que mostra o Haiti e a República Dominicana/Arquivo

Violência no país se agravou nos últimos três meses com a situação de fome

Pelo menos 50 pessoas morreram e 110 ficaram feridas em confrontos entre gangues rivais na capital do Haiti que já duram quatro dias. Forças de segurança do governo não têm conseguido conter a violência, que impede moradores de deixarem suas casas e agravam a situação de fome no país.



Jean Hislain Frederick, vice-prefeito do bairro Cite Soleil, em Port-au-Prince, disse que a violência começou na sexta-feira (08), apenas um dia após o aniversário de um ano do assassinato do presidente Jovenel Moïse.

A violência disparou no Haiti desde que ele foi morto, e agravou-se particularmente nos últimos três meses, enquanto gangues disputam o controle de territórios e cobram dos moradores para oferecer proteção. O número exato de mortos nos últimos quatro dias é desconhecido, pois muitos cadáveres vêm sendo queimados, informou a DW.


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas

Assuntos Relacionados


Informativo Misto Brasil

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo gratuito no seu e-mail, todas as semanas