Lula da Silva ex-presidente Misto Brasília

Nova pesquisa mostra vantagem de Lula sobre Bolsonaro

Moro continua em terceiro lugar, seguido por Ciro Gomes e depois por João Dória

Uma nova rodada da pesquisa do Ipespe para as eleições presidenciais de 2022 aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua liderando a disputa com folgas.

Com 44% das intenções de votos, o petista tem 20 pontos de vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparece com 24%. O levantamento foi encomendado pela XP Investimentos e divulgado nesta sexta-feira (14).



Na sequência, os mais citados pelos entrevistados foram o ex-ministro Sergio Moro (Podemos), com 9%, e Ciro Gomes (PDT), com 7%.
Mais atrás na corrida presidencial estão o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 2%, e outros três candidatos empatados com 1%: a senadora Simone Tebet (MDB), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), e Felipe D’Ávila (Novo).

O Ipespe informou ainda que 6% escolheram a opção nulo, branco, nenhum ou “não iria votar”. Outros 7% não sabem ou não responderam.




A pesquisa ouviu 1.000 pessoas, com 16 anos ou mais, entre os dias 10 e 12 de janeiro, em todas as regiões do país. As entrevistas foram feitas pelo telefone.

Segundo o instituto, o índice de confiança do levantamento é de 95,5% e a margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.



Cenário sem Moro

O Ipespe também realizou um cenário sem a presença de Sergio Moro entre as opções, acrescentando o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Na disputa pelo segundo turno, praticamente nada se alteraria.

Lula manteve 44% das intenções de voto, e Bolsonaro ficou com 25%. Os demais candidatos continuaram bem atrás dos dois melhores colocados: Ciro (PDT): 9%; Doria (PSDB): 3%; Tebet (MDB): 2%; Pacheco (PSD): 1%; Vieira (Cidadania): 1%; e D’Ávila (Novo): 1%.

O percentual que mais subiu foi o de nulo, branco, nenhum ou “não iria votar”: 11%. Não souberam ou não responderam 5% dos entrevistados.



Segundo turno

O levantamento mostra que Lula vence todos os candidatos em um eventual segundo turno. Nos cenários testados, o petista tem ampla vantagem de pelo menos 19 pontos percentuais. Lula venceria a disputa contra Bolsonaro por 56% a 31%, superando ainda Moro por 51% a 32%, Ciro por 51% a 25% e Doria por 53% a 20%.

Já Bolsonaro aparece com menos intenções de voto no segundo turno também contra os demais postulantes ao Planalto, sendo derrotado por Ciro (43% a 34%), Moro (36% a 29%) e Doria (42% a 35%). As informações são da Sputnik.