José Roberto Arruda ex-governador DF Misto Brasília

Ex-governador Arruda é condenado pelo jogo entre Brasil e Portugal

A partida custou R$ 9 milhões. Na mesma ação foi condenado o ex-secretário de Esportes

O ex-governador José Roberto Arruda foi condenado em mais um processo por improbidade administrativa. Desta vez o caso envolve irregularidades na contratação da empresa que organizou o jogo entre o Brasil e Portugal, que aconteceu em 2008  no Estádio do Bezerrão. A organização da partida custou R$ 9 milhões.

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Regina Helena Costa, determinou a perda dos direitos políticos e o pagamento de multa de 50 vezes o valor da remuneração mensal que recebiam à época do fato, com correção monetária. Recentemente, Arruda foi condenado por falsidade ideológica.

Na mesma apelação feita pelo Ministério Público do Distrito Federal, foi condenado também o ex-secretário de Esportes Agnaldo Silva de Oliveira. Os dois tinham sido condenados na primeira instância e absolvidos na segunda.