Luis Arce Catacora e seu vice David Choquehuanca

Homens que mataram presidente do Haiti teriam agido na Bolívia

Acusação foi divulgada hoje pelo ministro do governo de Luís Arce

O governo boliviano informou que vários dos acusados do assassinato do presidente haitiano Jovenel Moïse haviam trabalhado anteriormente em uma tentativa de assassinato contra Luís Arce, quando ele venceu as eleições em outubro de 2020.

“É claro que na Bolívia houve uma tentativa de desestabilizar o país, através de um elaborado plano para não deixar que o nosso candidato e presidente Luis Arce Catacora, assumisse o comando legitimado pelas urnas; na Bolívia houve uma tentativa de assassinato”, disse o ministro do governo, Eduardo del Castillo, em uma coletiva de imprensa, segundo a Sputnik.