Paraguai governador de Amabay, Ronald Acevedo Misto Brasília

Paraguai anuncia criação de comando para combater o crime

Grupo terá a participação de policiais brasileiros e acontece após uma chacina na fronteira

O governo do Paraguai anunciou a criação de um comando que contará com policiais do país e do Brasil para combater o crime organizado na fronteira. A decisão foi anunciada após os assassinatos de quatro pessoas no lado paraguaio no último sábado (9).

O comando se concentrará na região de fronteira entre Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia onde as execuções ocorreram. Detalhes da operação não foram revelados, informou a Agência Sputnik.



As polícias brasileira e paraguaia estão investigando em conjunto os assassinatos de Farid Charbell Badaoui Afif, de 37 anos, vereador da cidade fronteiriça de Ponta Porã; e de Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, filha de Ronald Acevedo, governador do estado de Amabai, no Paraguai, e se há qualquer relação entre eles.

“Agora as pessoas inocentes estão morrendo. Anteriormente o código da máfia era respeitado. Agora eles distribuem balas, rajadas e metralhadoras, rifles, 100 tiros foram disparados contra a minha filha”, contou o governador de Amabay, Ronald Acevedo, à reportagem do ABC em sua residência.