Consumo mercado inflação Misto Brasília

Energia elétrica turbina a inflação no mês de setembro no DF

Alimentação e bebida, transporte e vestuário também contribuíram para a alta de 0,79%

A inflação no Distrito Federal no mês de setembro foi de 0,79%, segundo informou na tarde desta sexta-feira (08) a Codeplan com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dos nove grupos pesquisados, oito apresentaram inflação.



Essa pressão inflacionária esteve concentrada no grupo de habitação (1,85%). A justificativa foi principalmente o aumento de preço na energia elétrica residencial (+6,06% e +0,17 pp), que por conta da nova bandeira tarifária de escassez hídrica, passou a custar R$ 14,20 a cada 100kWh.



A Codeplan registrou que mesmo com a energia elétrica em destaque, outros grupos também contribuíram na intensificação de preços no mês de setembro, como o de alimentação e bebidas (+1,14% e +0,19 pp), transportes (+0,82% e +0,20 pp), vestuário (+0,95% e +0,04 pp), artigos de residência (+1,09 % e +0,04 pp), despesas pessoais (+0,56 % e +0,07 pp), saúde e cuidados pessoais (0,05% e +0,01 pp) e comunicação (+0,18 % e +0,01 pp), onde apenas a educação (-0,09% e -0,01 p.p.) evitou um incremento ainda mais intenso.