Instagram Nova Iorque

Configuração defeituosa teria sido motivo do apagão das redes sociais

Facebook informou que a interrupção teve um “efeito cascata” na forma de comunicação de centros de dados

A queda global do Facebook, Instagram e WhatsApp que durou várias horas na segunda-feira (04) foi consequência de uma mudança de configuração defeituosa, informou a empresa de Mark Zuckerberg.

“Nossas equipes de engenharia averiguaram que as mudanças de configuração nos roteadores-tronco que coordenam o tráfego de rede entre nossos centros de dados causaram problemas que interromperam a comunicação”, declarou o vice-presidente de Engenharia do Facebook, Santosh Janardhan.



Segundo ele, “essa interrupção teve um efeito cascata” na forma de comunicação de centros de dados, o que paralisou os serviços da empresa. Agora o funcionamento de todos os serviços é restaurado. A interrupção de várias horas provocou um caos total, especialmente porque muitas empresas utilizam os serviços do Facebook para trabalho.

O site Privacy Affairs relatou que, na sequência da interrupção, dados de cerca de 1,5 bilhão de usuários teriam sendo vendidos no mercado de hackers. Atualmente, o Facebook não tem evidência que os dados de usuários tenham sido comprometidos como resultado dessa queda.



“Pedimos desculpas a todos os afetados e estamos trabalhando para compreender mais o que aconteceu hoje [4] para poder continuar melhorando nossa infraestrutura.” Conforme os dados do plataforma Downdetector, para o Facebook isso foi a maior interrupção do funcionamento em toda sua história. Ante o ocorrido, as ações da rede caíram por volta de 5%.