Empresário e família morrem após avião cair em Piracicaba

Empresário e família morrem após avião cair em Piracicaba

Celso Silveira era sócio da Cosan, empreendimento com negócios em várias áreas como energia e logística

O empresário Celso Silveira Mello Filho morreu nesta terça-feira (14), no acidente de avião ocorrido em Piracicaba, no interior do estado de São Paulo. Mello Filho era acionista da Cosan, que tem seu irmão, Rubens Ometto Silveira Mello, como presidente do Conselho de Administração.

A aeronave em que a família estava caiu na manhã desta terça-feira (14) em Piracicaba, no interior de São Paulo. O avião era uma aeronave de aviação executiva, de pequeno porte, contratada sob demanda, de acordo com informações da CNN Brasil. A Cosan S.A. é uma empresa brasileira com negócios nas áreas de açúcar, álcool, energia, lubrificantes, e logística. Um vídeo que circula pelas redes sociais, mostra os destroços do avião em um terreno ao lado de uma das avenidas da Faculdade de Tecnologia (Fatec) da cidade. Veja logo abaixo.



A empresa confirmou a morte do empresário em nota. Segundo a companhia, a mulher do empresário, Maria Luiza Meneghel, os três filhos (Celso, Fernando e Camila), o piloto Celso Carloni e o copiloto Giovani Gulo também morreram no acidente.



Nota da empresa

Com enorme pesar, a Cosan informa que o empresário Celso Silveira Mello Filho estava com a família na aeronave King Air 360 que caiu hoje, às 10h, em Piracicaba, causando a morte de todos os ocupantes. Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello. Também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo.