Fux responde a Bolsonaro e diz que ninguém fechará o Supremo Tribunal

Fux responde a Bolsonaro e diz que ninguém fechará o Supremo Tribunal

O presidente do Supremo disse em discurso atos do presidente são antidemocráticos

Os ataques feitos pelo presidente Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal constituem práticas antidemocráticas e ilícitas, disse o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, na abertura da sessão desta quarta-feira (08). O presidente do tribunal disse que o desrespeito a decisões do STF são crime de responsabilidade e deve ser analisado pelo Congresso. Veja a íntegra do discurso.



“Ninguém fechará esta Corte”, disse Fux. Discurso de Fux vai além do que disse Lira: indica que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ou pode cometer se desrespeitar decisão judicial, como disse ontem que faria. Mas só Lira pode dar início a processo de julgamento de crimes de responsabilidade (impeachment).



O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu a palavra, após Fux. Diz que avanço da vacinação permite manifestações. Cita Locke, Aristóteles e Montesquieu para falar teoricamente sobre o princípio da separação de poderes.