O país do rabo que abana o cachorro

O país do rabo que abana o cachorro

Alguém já parafraseou os ministros do STF: … zum Schutz von Volk und Staat!

Texto de Maya Félix

Temos uma nova visão de mundo no mundo: é o rabo abanando o cachorro. Virou padrão, paradigma e axioma de pensamento.

A Folha de São Paulo noticiou que a morte de idosos vacinados com a segunda dose aumentou 73% no Rio de Janeiro. A solução? A terceira dose! Tá morrendo pouco, o objetivo é 100%!

STF abre inquérito em que STF é vítima, juiz, promotor e os advogados de defesa dos réus não têm acesso aos autos do processo. E aí? O jeito é incriminar mais pessoas e prender mais. Mais traficante? Pedófilo? Homicida? Não: jornalista, líder partidário, deputado federal no exercício de suas prerrogativas constitucionais (e perdendo as prerrogativas constitucionais). Quem sabe, amanhã, o presidente. Quem sabe eu, você, qualquer um cuja opinião ofenda os 11 togados.

E o MPF, nisso tudo? Perde a função, pois o próprio STF acusa. E o Artigo 5º da Constituição Federal? Já perdeu sua aplicabilidade há muito tempo, virou papel higiênico (do STF). É o rabo abanando o cachorro. Tudo para sua segurança e proteção! Alguém já parafraseou os ministros do STF: … zum Schutz von Volk und Staat! [para a proteção do povo e do Estado] É o rabo abanando o cachorro!



Solto pelo STF: o traficante de alta periculosidade André de Oliveira Macedo, um dos líderes do Primeiro Comando da Capital, o André do Rap. Solto pelo STF: o ex-médico Roger Abdelmassih, estuprador de 37 pacientes.

Preso pelo STF: o líder do PTB, Roberto Jefferson, por ter emitido sua opinião política e críticas aos 11 ministros. Roberto Jefferson tem 68 anos e está em Bangu 8. Preso pelo STF: o deputado federal Daniel da Silveira, por ter criticado os ministros do STF. Garabtia constitucional: nenhuma.

O rabo abanando o cachorro em Bangu 8, no PCC, na Câmara dos Deputados.

Manifestações pela democracia: gente que luta pela implantação de uma ditadura socialista no Brasil, igualzinha a de Cuba. Que incendeia monumentos públicos, invade propriedade privada, destrói patrimônio, mata, rouba, quebra tudo, bate, espanca, defende uso de drogas, legalização do aborto, atos obscenos, destruição da “família tradicional” e criminalização das religiões cristãs.

Atos antidemocráticos: manifestações pacíficas em comemoração à Independência do Brasil, em 07 de setembro. Ajuntamento de famílias – idosos, mães, crianças, casais. Atos em que a bandeira do Brasil é colocada em evidência e o hino nacional é executado. Atos em defesa de eleições limpas.



Urnas eletrônicas seguras do TSE: tecnologia de 1996, jamais atualizada.

Ameaça à democracia: urnas auditáveis, com possibilidade de conferir os votos dos eleitores e garantir que a vontade do povo se cumpra.

Mídia confiável: a que recebia dinheiro do governo para esconder os crimes do governo.

Produtores de fake news: mídia independente e alternativa que se sustenta do dinheiro que os leitores e espectadores pagam.

E o STF bloqueia as contas das redes sociais de quem? De quem?

O rabo abanando o cachorro! Abana, rabo, que o cachorro tá babando, feliz, sonhando com o osso da recompensa! Ô distopia tupiniquim, desvario autoritário hitlerista, inferno de Dante, corte de republiqueta de bananas, lixo jurídico, lacaios dos inimigos do Brasil e inimigos do Brasil!

É assim que o rabo abana o cachorro.